2 de jan de 2017

Resenha - Extraordinário - R. J. Palacio



 Oi pessoal! O livro de hoje será adaptado para o cinema, provavelmente no dia 7 de abril de 2017 o filme inspirado no livro de R. J. Palacio será lançado. Hoje vamos conversar sobre o livro "Extraordinário", leia a resenha e deixe um comentário com a sua opinião. 


Título: Extraordinário
Autora: R. J. Palacio
Páginas: 318
Editora: Intrínseca 

  O livro conta a história de August Pullman, um garoto que nasceu com uma síndrome genética que deixou seu rosto deformado, ainda criança August passou por várias cirurgias, por esse motivo ele nunca frequentou uma escola de verdade. Mas não é possível viver se escondendo da vida real, era necessário que Auggie (apelido dado pelos pais) frequentasse uma escola de verdade. Mas e agora? Como conviver com pessoas que te descriminam? Como ter coragem de sair na rua sem se preocupar com os olhares de negação? Uma batalha contra contra pessoas vazias, pessoas que só se preocupam com a aparência. August terá que convencer os outros alunos da escola que apesar de sua aparência incomum ele é uma criança como as outras.


"Quando tiver que escolher entre estar certo e ser gentil, escolha ser gentil. – Sr. Browne".




Opinião: 

 O primeiro livro de R. J. Palacio  fala sobre bullying, mostrando como as crianças podem ser malvadas e como elas podem afetar a vida de outras crianças. August é uma criança que não consegue viver bem pois existem pessoas que só pensam em beleza. Na maioria das vezes o narrador é o próprio August, mas durante o livro existe uma alternância de narradores para mostrar os sentimentos  dos amigos e familiares do garoto. O livro é maravilhoso e especial, como eu tenho um irmão que é deficiente físico eu sei como é chato perceber que as pessoas olham para ele com pena, pessoas com qualquer tipo de deficiência não precisam de pena! Precisam de amor e carinho! Esse livro vai te ensinar a não ficar encarado deficientes como se eles fossem pessoas de outro planeta! Ele vai te mostrar que dentro de um deficiente também existe um coração. Um coração que sofre ao perceber olhares de pena e susto.


  A leitura é rápida e tranquila, os personagens são muito bem construídos. O livro mostra que situações simples podem ser as mais complicadas para pessoas com qualquer tipo deficiência. Na hora do lanche, no recreio e na hora de formar duplas para um simples trabalho escolar August sofria pois nenhuma das crianças queria estar com ele. Vou dar  mais um exemplo para que você perceba que a presença de uma criança especial muda tudo. A maioria das crianças ao ver o meu irmão fazem  milhares de perguntas, já a minha priminha Sara que tem apenas cinco anos nunca me perguntou nada sobre a deficiência dele, a primeira coisa que ela faz ao chegar na minha casa é me perguntar "cadê o Davi?" e ir até o quarto dar um beijinho nele. Esse é um exemplo de como a educação e a convivência com deficientes pode formar crianças educadas e mais humanas. Se você não convive com crianças especiais visite uma APAE, eu te garanto que você será a pessoa mais  feliz do mundo ao ver o sorriso de uma criança que só quer ser viver normalmente.
  O livro é muito bom! Eu indico para todo mundo! Vale muito a pena ler!

"Toda pessoa devia ser aplaudida de pé pelo menos uma vez na vida"



Edição: 

 A capa  é linda e a diagramação perfeita. No início de cada capítulo você encontra pequenas ilustrações e trechos de músicas. A Intrínseca fez um ótimo trabalho.


Livro nota 10! 

 Por hoje é só pessoal, deixe um comentário com a sua opinião. Grande abraço e até a próxima!  

16 comentários:

  1. Esse livro é lindo!
    Traz um ensinamento.

    ResponderExcluir
  2. Esse livro e maravilhoso. Nunca chorei e aprendido tanto com um livro com aprender com Extraordinário. Sou muito apaixonada nesse livro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também, me apaixonei pelo livro.

      Volte sempre!

      Excluir
  3. ai curiosidade vou ler prometo mas minha lista esta enorme

    ResponderExcluir
  4. Oi Daniel, tudo bem?

    Faz um tempo que estou querendo ler esse livro, exatamente pela mensagem que ele passa.
    Chorei com o seu próprio depoimento em relação ao seu irmão e concordo com a sua afirmação de que pessoas com deficiência não precisam de pena e sim de amor!!
    Bela resenha e belas palavras!!!

    Beijos,

    Gnoma Leitora

    ResponderExcluir
  5. Esse livro tá na minha lista de leitura, mas não sei o por que eu não pego ele para ler, mas esse ano vou mudar isso e vou ler

    ResponderExcluir
  6. Oi Daniel tudo bem?
    gostei da sua resenha vejo muitas pessoas falarem bem desse livro, mas ainda não tive a oportunidade de ler ele.

    ResponderExcluir
  7. é um livro que tenho vontade de ler mas sempre acabo deixando pra segunda opção.

    Bjs
    Suka
    http://www.suka-p.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Eu sou muito apaixonada por esse livro <3

    ResponderExcluir