26 de jul de 2016

Resenha, Quero me apaixonar - Alex Darcisio - Chiado Editora

Hoje eu quero indicar um livro apaixonante: Quero me apaixonar.  Um livro do autor brasileiro Alex Darcisio.


"Prefiro admirar os que cantam"


Sinopse

Este romance ocorrido na década de 1950 soa como obra do destino quando Robert, um jovem músico talentoso, traumatizado e sem fé, vê seu destino o levando de volta a Riverston, lugar de onde saiu ainda criança e que foi palco de sua maior perda. Lá ele conheceria Natalie, uma jovem com um dom e um fascínio apaixonante pela escrita e com sonhos comuns a uma jovem de princípios cristãos e de fé inabalável.
E dentre tantos outros fatores do destino que conspiravam para que eles um dia se encontrassem, um ponto em comum: o lugar que inspirou os talentos e paixões de cada um pela primeira vez em suas infâncias, foi o que deu início a uma nova paixão.
Com a existência avassaladora de fatores determinantes para que eles ficassem juntos, outros fatores de mesma proporção os separavam, dentre eles a existência de Sebastian, um rapaz admirável, cuja amizade e fé se constituíam em seus maiores talentos.
Um possível triângulo amoroso de tirar o fôlego, com um final surpreendente você irá se deparar com um livro que justificará seu título, e que certamente te instigará a querer se apaixonar.

Apaixone-se!

"acontece que eu não acredito em destino, acredito apenas nas vontades de Deus'

                                                 Resenha                                                     

Este belo romance se passa em 1950, quando o jovem músico Robert, retorna a Riverston, local onde morou com seus pais quando criança, local também onde seu pai faleceu, fazendo com Robert e sua mãe tenham que deixar a cidade pelo fato de levarem uma vida mais tranquila, assim eles vão para Camp City, uma cidade do interior onde a agricultura predomina, após Robert ser presenteado por seu pai com um pequeno violão, no qual foi gravado com um canivete as iniciais "N&R" (Noa e Robert, pai e filho) Noa falece provocando assim uma grande mudança na vida de Robert e sua mãe.
 Mas voltando a 1950: São tempos difíceis em Camp City, e Robert acaba indo morar em Riverston com um amigo, em busca de maiores oportunidades, e lá conhece Natalie, jovem cristã que acredita que encontrará seu amor, sendo ela virgem e completamente pura, nunca teve relacionamento com ninguém. ela espera encontrar um rapaz que participe da igreja, coisa  que Robert não era.
  Robert e seu amigo montam uma loja de instrumentos musicais, e Natalie vai até lá em busca de comprar novos instrumentos para a igreja onde seu pai prega o evangelho. Ela conhece Robert e tira conclusões precipitadas sobre o caráter de Robert. Ele a convida para sair mas ela não aceita, pois ela não é do tipo que sai com qualquer um. Ao saber que ele não acredita em Deus, Natalie resolve apresentar-lhe a palavra do Senhor, e concorda sair com ele para um pequeno passeio. Com o tempo eles descobrem que o afeto entre ambos aumentou , e a paixão se torna inevitável.
 Um grande amor, medo e reviravoltas. Esse livro traz ao leitor uma bela história digna de um filme. Não vou contar muitos detalhes da história pois vocês já tiveram acesso a sinopse do livro e pelo claro motivo que eu NÃO VOU DAR SPOILER hehe !

''Alguém que me mande flores, não só nas datas comemorativas, mas em datas que eu nem espere talvez pelo simples fato de ser segunda feira"

_______________Opinião_____________________

É uma delícia conhecer uma história tão envolvente, eu simplesmente amei a leitura e me apaixonei pelo livro. A escrita do autor é bem leve e muito cativante, cheia de reviravoltas, comparável ao livros de John Green. Eu gostei de toda a história pois foi um livro que me prendeu bastante, e que eu estou recomendando a todo mundo.

_______________Edição_____________________

A Chiado editora sempre me impressiona sendo ela uma das melhores editoras que eu conheço. a capa traz uma foto que retrata determinado momento do livro no qual Robert está com seu violão e Natalie está sentada debaixo de uma árvore. Foi uma foto muito bem escolhida e que faz jus ao conteúdo do livro.

 A diagramação também é imprecável, a fonte, e o tamanho da letra facilitam muito a leitura.

O papel também foi bem escolhido e por ser um livro com uma quantidade maior de páginas o livro se torna leve e a capa é melhor ainda pois não fica amassada facilmente



Esse livro está classificado entre as 20 melhores leituras do ano até agora e tem tudo para ser um grande sucesso pelo mundo afora.

Você tem duas chances de ter um exemplar desse livro. Uma delas é comprando um exemplar no site da Chiado Editora clicando aqui.
A segunda chance é você correr lá no nosso instagram e participar do sorteio que está rolando. Okay?

Obrigado por ler mais está postagem, até mais.!

Daniel Dornelas


6 comentários:

  1. Eu amei sua resenha essa capa é linda. Não vou participar do sorteio por que não tenho sorte mais parabéns pela resenha

    ResponderExcluir
  2. Ain... Eu escrevo e, juro pra você que já pensei em um enredo como esse. Preciso desse livro. Fiquei apaixonada por essa história.

    ResponderExcluir
  3. Já tinha ouvido falar do autor mas não da obra, achei interessante. Os tópicos da resenha foram bem trabalhados! Parabéns!

    Um beijo, Carol
    Blog com V.

    ResponderExcluir
  4. Oi Daniel, tudo bem?

    Primeiramente, Parabéns pela resenha! Ficou magnífica e deu para sentir a emoção que a obra transmite. Estou com esse livro para ler e ele ser a uma das minhas próximas leituras, espero gostar tanto quanto você!

    Beijos,

    Gnoma Leitora

    ResponderExcluir
  5. Adorei a resenha.

    Bjs
    Suka
    http://www.suka-p.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Essa resemha me deixou com vontade de ler uahh
    Ameiiii!

    ResponderExcluir